Cotidiano

Pneus usados são recolhidos em ação de combate à dengue da Prefeitura de Taboão

Ação de combate à dengue realizada pelo Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) da Prefeitura de Taboão da Serra em parceria com a empresa Sukako resultou no recolhimento de 391 pneus usados no município. Esse projeto faz parte das ações de prevenção para eliminar criadouros do transmissor da dengue, zika vírus e chikungunya.

De acordo com a diretora do (CCZ) Andreza Santos, a equipe trabalha durante todo o ano para combater o mosquito transmissor das doenças chamadas arboviroses. “Os agentes saem a campo diariamente e, quando recebemos notificações de casos suspeitos de dengue realizamos o bloqueio de toda a quadra, isto é, visitamos todas as casas para orientação dos moradores e identificação de possíveis focos, fazemos aplicação de substância para matar as larvas e usamos o Fumacê, que é um inseticida para eliminar o mosquito. É de extrema importância que os moradores recebam os agentes e sigam as orientações de prevenção e de eliminação de criadouros”, disse. 

Casos

De janeiro a maio deste ano o CCZ de Taboão da Serra recebeu 69 notificações de casos suspeitos de dengue, das quais 11 foram confirmados.

Os munícipes que tenham pneus usados em suas residências, podem ligar para a Sukako através do telefone 4701-3467 para retirada ou levar o material na sede da empresa localizada na Rua Aníbal de Jesus, nº 108, no Jardim São Miguel. 

Sobre o Aedes aegypti

A infestação do mosquito Aedes aegypti, transmissor da Dengue, Zika e Chikungunya é beneficiada pelo acúmulo indevido de água e pelo descarte e destinação inadequados de resíduos sólidos. Dentre os potenciais criadouros, o pneu é um dos preferidos pelo Aedes devido a sua natureza e condições favoráveis de abrigo e proteção.

Evite a reprodução do mosquito, siga as dicas:

Guarde as garrafas sempre viradas para baixo;

Encha de areia ou terra os pratinhos de vasos de planta;

Jogue no lixo qualquer objeto que possa armazenar água;

Mantenha bem tampados, baldes, tonéis, piscinas e caixas d’água;

Guarde pneus de maneira que não acumule água;

Limpe as calhas dos canos;

Não deixe a água da chuva parada sobre a laje;

Coloque o lixo em sacos plásticos bem fechados dentro de uma lixeira tampada.

Texto com informações Renata Gomes e foto divulgação/PMTS

© 2015-2021 Click Regional - Todos os direitos reservados. Site desenvolvido por OSN

logo site