logo site

Itapecerica da Serra

Itapecerica volta para estado de calamidade e somente serviços essenciais abertos, decreta Nakano

A cidade de Itapecerica da Serra voltou a partir deste sábado, 16 de janeiro, para a fase vermelha do Plano São Paulo, além de se manter em estado de calamidade pública. O decreto do prefeito Dr Francisco Nakano determina que somente os serviços essenciais devem permanecer abertos e com medidas rígidas. Com suspensão de atendimento presencial em comércios e serviços não essenciais, com exceção aos salões de cabelereiros, lojas de cosméticos, perfumarias e casas lotéricas.
 
O decreto autoriza que permaneçam abertas as farmácias, supermercados, hortifruti, lojas que vendem produtos para animais, distribuidoras de gás. Restaurantes e lanchonetes com sistema delivery, sem consumo no local.
Padarias com a proibição de lanches e refeições para consumo no balcão. Postos de combustíveis sem consumo.  
 
Em relação as demais lojas, como as do shopping estão permitidas vendas remotas pela internet e telefone. As entregas podem ser feitas no sistema delivery. Confira decreto aqui.
 
Caso as determinações de distanciamento entre as pessoas de no mínimo 1,5 metro, sem que haja aglomerações, disponibilização de álcool em gel, divulgação de informações sobre o coronavírus, não sejam cumpridas, os estabelecimentos estão passíveis de multas e até mesmo a cassação do alvará. 
 
Na sexta o Governo de São Paulo havia colocado Itapecerica em alerta, por estar com ocupação hospitalar de pacientes graves com coronavírus acima de 80%. A recomendação era exatamente essa que o prefeito tomou "que a Prefeitura determine a restrição total de atividades não essenciais para aliviar a pressão sobre hospitais públicos e particulares", afirmou o governo.
 
A íntegra do decreto pode ser conferida no link abaixo - edição 492 / janeiro 2021.
 

© 2015-2020 Click Regional - Todos os direitos reservados. Site desenvolvido por OSN

logo site