Itapecerica da Serra

Endurecimento nas regras da quarentena começam a valer a partir desta segunda, 15

A partir desta segunda-feira, dia 15 de março, as cidades de Taboão da Serra, Embu das Artes e Itapecerica da Serra aderem às regras de endurecimento da quarentena, a chamada fase emergencial do Plano São Paulo. Entre as novas regras estão a suspensão do atendimento presencial nos órgãos públicos não essenciais, além do Toque de Recolher, das 20h às 5h.

O Governo do Estado divulgou as novas regras na quinta, 11. Taboão da Serra diariamente divulga a quantidade de leitos ocupados, chegou a 100% de ocupação na noite de sábado, 13. Na cidade, treze pacientes infelizmente morreram aguardando vagas na UTI, do Estado de São Paulo. Mortes diárias e rápido aumento de casos.

O prefeito Aprígio ressaltou que a adoção de medidas mais rígidas é necessária para assegurar a vida de todos. “O Brasil está passando por um período difícil da pandemia. O vírus ficou mais forte e está mais letal. Precisamos aderir às medidas de distanciamento social e seguir as recomendações para controlar o avanço da COVID-19 e garantir que vidas sejam salvas”, afirmou o prefeito. 

 
 O que muda?
 
No toque de recolher somente os serviços essenciais como supermercados, farmácias e postos de combustíveis podem ficar abertos. 
 
 Retirada de refeições em bares e restaurantes estão proibidas, assim como atendimento presencial nas mesas. O drive-thru está liberado das 5h às 20h. E o delivery, sem restrição de horário.
 
Cultos estão proíbidos, assim como o funcionamento de lojas de material de construção.
 
Foto divulgação 

Justiça autoriza volta às aulas presenciais

O Tribunal de Justiça de São Paulo autorizou o retorno das aulas presenciais em fevereiro. A liminar que suspendia a volta foi derrubada na tarde de sexta, 29.

 
 A nova decisão da Justiça foi a pedido do governo de São Paulo. O presidente do TJSP, Geraldo Francisco Pinheiro Franco, observou que cabe às famílias escolherem se as crianças devem ir presencialmente à escola ou não.  
 
No retorno, as escolas estão autorizadas a funcionar com 35% do total de alunos diariamente. 
 
 
Foto Agência Brasil e informações G1

Dória regride Grande São Paulo para fase laranja

O governador João Dória regrediu a grande São Paulo, que inclui as cidades de Taboão da Serra, Embu das Artes e Itapecerica da Serra para a fase laranja, em coletiva nesta sexta, dia 26 de fevereiro. 
 
Na fase laranja o funcionamento dos serviços não essenciais fica limitado até oito horas diárias, com atendimento presencial máximo de 40% da capacidade e o encerramento até as 20h. O atendimento presencial em bares também está proíbido. 
 
Na quarta, Dória havia determinado "toque de restrição" que restringe a circulação em todo estado das 23h às 5h, medida que se inicia nesta sexta e segue até o dia 14 de março. 
 
Foto divulgação reprodução 

Contratos da Autarquia de Saúde com Associação são alvos de Operação da PF em Itapecerica

 

Dois contratos da Autarquia Municipal de Saúde de Itapecerica da Serra com a Associação Metropolitana de Gestão - AMG, datados de 02 de julho de 2019 e 01 de abril de 2020 são alvos da Operação Contágio da Polícia Federal. A Prefeitura informou que os contratos foram firmados na administração anterior, do governo Jorge Costa.

A PF realiza desde a manhã desta terça, 20 de abril, a Operação que visa apurar um esquema criminoso na área da saúde. De acordo com informações a investigação começou após a Controladoria Geral da União (CGU) ter identificado que uma Organização Social (OS) "sem capacidade técnica foi contratada por esse município com indícios de fraude e direcionamento para prestação de serviços de saúde. Alguns dos contratos foram firmados emergencialmente para gestão e atendimento de pessoas infectadas com Covid-19".

Em nota ao Click Regional a Autarquia de Saúde de Itapecerica informou que destes contratos, o de número 06 A/20 foi encerrado na administração anterior. O contrato de número 07/19 foi renovado em julho de 2020, tendo como prazo de vigência 30/07/2021. 

"Está sendo discutida internamente na Autarquia de Saúde, a abertura de um novo processo licitatório para o período posterior a julho de 2021", afirma a Prefeitura. 

Ainda segundo a nota "diante das apurações pela Operação Contágio da Polícia Federal, a atual administração buscará meios de encerrar esse contrato, bem como instaurar uma auditoria interna para apurar a lisura desses contratos, repita-se: firmados pela Administração anterior, do governo Jorge Costa.

 

Número de Contrato

Data

Objeto do contrato

     06 A/2020

01/04/2020 a 30/12/2020

Gestão de Serviços Médicos no Centro

de Especialidades Municipal de Itapecerica da Serra (CEM) e nos Leitos Ampliados de Semi Intensiva que estão sendo construídos no Pronto Socorro Central (PSC), ambos com o objetivo de

diagnosticar e tratar de forma rápida e precisa pacientes contaminados pela COVID 19

     07/2019

02/07/2019 a 30/07/2021

Operacionalização da gestão e execução das atividades de serviços de saúde no PS Central e Maternidade e PS Jacira.

Ney Santos afirma que governo "não cumpriu com a palavra"ao fechar PS's dos Hospitais da região

O governo do estado de São Paulo não cumpriu com o compromisso com os prefeitos da região em manter por 90 dias o Pronto Socorro do Hospital Geral de Itapecerica da Serra e de Cotia abertos, afirma o prefeito de Embu das Artes, Ney Santos. Em repúdio à atitude, Ney desabafou em áudio enviado ao secretário estadual de desenvolvimento regional, Marco Vinholi. 

 
"Fomos aí, garantiram para nós que seguravam noventa dias, junto com o deputado Gilmaci Santos e sete prefeitos, no dia anterior a deputada Analice foi junto com o prefeito de Itapecerica, prometeram a mesma coisa para eles e acabam fazendo isso sem comunicar a gente? Que falta de respeito, de hombridade e palavra que estão tendo com a gente", afirma. 
 
Ney Santos frisa ainda "falta de caráter de vocês. Em nome do povo de Embu das Artes com 300 mil habitantes estou desabafando o que a população de repente gostaria de estar falando na cara de vocês. Fica aí meu repúdio e desabafo". 
 
 Ney Santos afirma que se depender dele, todos os prefeitos deveriam fazer algum tipo de repúdio ao governo do Estado. "Não dá mais para ficarmos de braços cruzados. Na semana passada estive aí com o Rogério Lins, Danilo representando três consórcios e tinha dado uma palavra para nós: que na sexta nos comunicaria referente a classificação da fase vermelha e você não nos comunicou. Fomos surpreendidos pela imprensa. Estou revoltadíssimo. Sei que você tem as suas limitações, mas a falta de respeito do Estado com os municípios tem sido muito grande".
 
No dia 22 de janeiro, dia em que Ney Santos e prefeitos da região estiveram no estado, a secretaria de saúde do estado informou, em relação ao Pronto Socorro do HGIS, que a medida quer priorizar o atendimento a casos graves e gravíssimos "neste hospital altamente capacitado e equipado", pontua a nota. 
 
De acordo com a nota, seria realmente a partir do dia 1º de fevereiro, que este processo se iniciaria de forma gradativa e ocorrerá no decorrer de 90 dias.  
 
"Nesse período, o hospital atenderá os pacientes, mesmo leves, já orientando as pessoas sobre a mudança de fluxos. Simultaneamente, a Saúde municipal organizará sua rede para incorporar essa demanda", finalizada a nota.
 

Monumento no centro de Itapecerica da Serra é revitalizado

A Prefeitura de Itapecerica da Serra está revitalizando o “Monumento para a Minha Cidade”, localizado na Praça 14 de Julho, uma das principais rotatórias no centro do município.

No início acontecerá a restauração do concreto, limpeza da escultura e roçagem e jardinagem da praça.

De acordo com a Prefeitura a ideia é mostrar as belezas que a cidade pode oferecer, numa parceria entre Secretaria de Cultura e a Secretaria de Planejamento e Meio Ambiente.

O Monumento

Trata-se de um monumento em bronze fixado na Praça 14 de Julho, próximo à entrada da área central da cidade ao final da Avenida XV de Novembro. Inaugurado em 15 de junho de 2002, foi criado pela renomada artista plástica, residente na cidade, Norma Santaella.

As figuras em bronze representando os vários segmentos sociais e étnicos, que compuseram o povoamento da cidade, mostram, em três etapas históricas distintas, a representação do aldeamento, da imigração europeia e da migração nordestina. Os personagens aparecem perfilados em três placas de concreto. 

Um a um, os arquétipos do “povo” itapecericano compõem um grupo de 14 pessoas de corpo inteiro em um tamanho aproximado ao natural. Um padre segura uma pomba na mão esquerda, repertório da imagem extraída da tradição cristã que representa o Divino Espírito Santo, sendo seguido pela figura de um homem indígena e outros personagens negros, brancos, e, por fim, uma esquálida família, similar à clássica imagem de migrantes nordestinos difundida por alguns pintores modernistas, como Cândido Portinari. 

Na última placa, a escultora Norma Santaella desenhou figuras populares significando que a população estará sempre aumentando, em continuidade, ao longo do tempo, com o advento de outros habitantes.

Texto com informações e foto Departamento de Comunicação da Prefeitura

© 2015-2020 Click Regional - Todos os direitos reservados. Site desenvolvido por OSN

logo site