Política

Dr Nakano, vice e doze vereadores eleitos tomam posse dia 1° de janeiro

O prefeito Dr Nakano, seu vice Rafael e os 12 vereadores eleitos pelos próximos quatro anos serão empossados dia 1° de janeiro em cerimônia realizada a partir das 9h no Ginásio de Esportes de Itapecerica da Serra. A cerimônia será transmitida online pelo site da Câmara. 

 
Dr Nakano foi eleito pela primeira vez prefeito da cidade com 36.614 mil votos, 47,81% dos votos válidos. Até o momento ele não divulgou o nome dos seus secretários e não concedeu entrevista ao Click Regional. 
 
Somente um nome é confirmado, do Guarda Civil Municipal Ivan à frente da secretaria de Segurança.  
 
Na Câmara, a coligação do prefeito eleito conseguiu eleger somente dois vereadores Kinho Brito e Giba, ambos do Partido Liberal.  
 
Os vereadores que serão empossados Reeleitos: Allan Dias (PSDB), Val Santos (Republicanos) e Cepacol (PSDB). 
 
Os ex-vereadores e que retornam: Tonho Paraíba (PTB) e  Alex Pires (PSDB). 
 
E os novos vereadores Irmã Rose (Republicanos), Soares (Republicanos), Fábio Santana (PT), Daniel Belchior (PTB), Kinho Brito (PL), Giba (PL) e Cícero Melo (DEM).
 
Foto divulgação PMIS

 Dr Nakano, prefeito eleito em Itapecerica,  vence na 2a instância processo movido por Erlon

O prefeito eleito em Itapecerica da Serra, Doutor Nakano, venceu por unanimidade de votos, na segunda instância, o processo movido pelo professor Erlon Chaves, que questionava sua candidatura à Prefeitura devido a Lei de Improbidade Administrativa. 

 
O relator, Juiz Marcelo Viera, em sua explicação, na tarde desta quinta, 26 de novembro, para negar provimento contra o processo de Chaves, salientou que Nakano pediu demissão dia 15 de maio de 2020, lembrou que a portaria da Autarquia Municipal de Saúde foi suspensa e que o processo referente ao caso foi arquivado no Ministério do Trabalho. 
 
Nakano, que foi eleito prefeito pela primeira vez e governará Itapecerica da Serra pelos próximos quatro anos, afirmou ao Click Regional que se sente aliviado com a decisão. "Com a quantidade avassaladora da diferença nas urnas e no TRE, demonstra que realmente estou nocaminho certo, de maneira e conduta corretas", comemorou. 
 
Dr Nakano foi eleito com 36.614  mil votos, 47,81% dos votos válidos. Enquanto Jorge Costa teve 19.573 mil votos, com 25,56% dos votos válidos.  
 
Caso
 
Nakano sofreu processo administrativo e, segundo Erlon, teria tido a pena de Improbidade Administrativa. "A Lei de Improbidade Administrativa é claríssima porque ele pegou demissão a bem do serviço público, inelegibilidade, antes da eleição. Dr Nakano pediu demissão em meio ao processo administrativo. Esperamos que a Justiça seja feita", afirmou o ex-candidato Erlon.
 
Foto divulgação 

Sem cerimônia de diplomação, eleitos em Itapecerica expedem diplomas no site do TRE-SP

Devido a pandemia causada pelo coronavírus não haverá cerimônia de diplomação do prefeito eleito Doutor Francisco Nakano, vice Rafael e os 12 vereadores eleitos em Itapecerica da Serra.
 
De acordo com o cartório eleitoral de Itapecerica da Serra, os diplomas estarão disponíveis no Tribunal Regional Eleitoral São Paulo e podem ser expedidos pelos eleitos. 
 
Dr Nakano foi eleito pela primeira vez prefeito da cidade com 36.614 mil votos, 47,81% dos votos válidos. 
 
Podem expedir seus diplomas os vereadores reeleitos Allan Dias (PSDB) que obteve 2.669 mil votos. Val Santos (Republicanos) com 1.894 mil votos e Cepacol (PSDB) que teve 1.478 mil votos.   
 
Os ex-vereadores Tonho Paraíba (PTB) com 1.907 mil votos. Alex Pires (PSDB) que teve 1.464 mil votos, que retornam à Câmara.   
 
E os novos vereadores Irmã Rose (Republicanos) com 1.857 mil votos. Soares (Republicanos) com 1.636 mil votos. Fábio Santana (PT) que obteve 1.662 mil votos. 
 
Daniel Belchior (PTB) com 1.408 mil votos.   Kinho Brito (PL) com 1.414 mil votos. Giba (PL) que teve 1.356 mil votos. Cícero Melo (DEM) com 924 votos. 
 
Diplomação
 
 A diplomação é o ato jurisdicional declaratório que atesta a condição de eleito a candidatos aos cargos de prefeito e de vice-prefeito, assim como aos de vereador e de suplente, nos termos do art. 215 do Código Eleitoral. A diplomação encerra o processo eleitoral. 
 
O diploma é documento indispensável para que eleitos tomem posse em 2021. Não será diplomado o candidato que estiver com o registro indeferido, ainda que o recurso esteja pendente de julgamento.
 
Com informações TRE - SP e foto divulgação

 Itapecerica tem 7 novos vereadores eleitos; três reeleitos

Na cidade de Itapecerica da Serra o vereador mais votado foi Allan Dias (PSDB) obteve 2.669 mil votos. Ele foi reeleito pela 2a vez.
 
Foram reeleitos também:
 
Val Santos (Republicanos) que teve 1.894 mil votos.
 
Cepacol (PSDB) com 1.478 mil votos.
 
Retornaram para a Câmara:
 
Tonho Paraíba (PTB) com 1.907 mil votos.
 
Alex Pires (PSDB) que teve 1.464 mil votos.
 
A renovação se deu pelos eleitos:
 
Irmã Rose (Republicanos) com 1.857 mil votos.
 
Soares (Republicanos) com 1.636 mil votos.
 
Fábio Santana (PT) que obteve 1.662 mil votos. 
 
Daniel Belchior (PTB) com 1.408 mil votos.
 
Kinho Brito (PL) com 1.414 mil votos.
 
Giba (PL) que teve 1.356 mil votos.
 
Cícero Melo (DEM) com 924 votos.
 
Com informações TSE e jornalista  Paulo Silveira / foto divulgação 

Lei de Aprígio prevê cancelamento da tarifa de esgoto e devolução em dobro

O projeto de Lei de autoria do deputado estadual e prefeito eleito por Taboão da Serra Aprígio, além de prever o cancelamento da tarifa sobre o tratamento do esgoto, até que o tratamento e descarte sejam realizados da forma correta, também garante a devolução em dobro dos valores pagos, nos moldes da legislação cível em vigor, uma vez que a taxa tenha sido cobrada irregularmente.

 

A Lei ainda prevê a divulgação nos canais de comunicação das concessionárias e informações claras nas contas de consumo, além de garantir que o contribuinte seja tarifado somente pelo serviço público que lhe é comprovadamente oferecido.

 

A taxa de esgoto é cobrada na conta de água. Caso a Lei seja sancionada pelo governador João Dória serão beneficiados os moradores de Taboão da Serra, Itapecerica da Serra, Embu das Artes e todas as regiões. 

 

Para o deputado Aprígio foi uma vitória do povo. “Está luta vem de muito tempo. Não é justo o povo pagar por aquilo que não recebe. O projeto foi meu, mas a vitória foi do povo”, disse.

 

Foto divulgação e informações Assessoria de imprensa do deputado 

Dr Nakano vence disputa contra Jorge e se torna pela 1a vez prefeito de Itapecerica da Serra

O médico Doutor Nakano (PL) e seu vice Rafael foram eleitos em vitória larga contra o atual prefeito Jorge Costa. Ele comanda a cidade de Itapecerica da Serra pelos próximos 4 anos (2021 - 2024). Dr Nakano obteve 36.614  mil votos, 47,81% dos votos válidos. Enquanto Jorge teve 19.573 mil votos, com 25,56% dos votos válidos. 

 
Esta é a primeira vez que Nakano vai governar a cidade. No sábado que antecedeu a eleição deste domingo, dia 15, Nakano e sua equipe percorreram ruas do município com sacolas para limpar os santinhos espalhados.
 
"Sou prefeito eleito. Obrigado Itapecerica. Contra tudo, contra todos. O povo ao meu lado. A cidade se liberta. Uma nova história. Acabou. Vamos recomeçar. Tudo será diferente daqui pra frente. Viva Itapecerica da Serra!", afirmou o prefeito eleito em sua rede social.
 
Pela 2a eleição seguida, o doutor disputava o majoritário. Na disputa em 2016 ele perdeu a eleição contra Costa por quase 16 mil votos.
 
Ele já foi candidato a vice-prefeito na coligação de Erlon Chaves em 2012. Na ocasião os dois perderam para o Chuvisco por menos de 2 mil votos.
 
Um fato curioso em abril de 2014 envolvendo Nakano virou assunto na cidade. Ele montou um gabinete do lado de fora da Prefeitura, ocasião em que acusou Erlon Chaves de negar acesso ao seu gabinete de vice-prefeito. 
 
Jorge tentava a reeleição pelo 5° mandato.
 
Jones Donizete (Avante) obteve 9.875 mil votos, 12,89% votos válidos. Seguido por professor Paulinho (DEM) com 3.386 com 4,42% votos válidos, professor Elias (PT) com 2.783 mil votos com 3,63% votos válidos.
 
 Logo atrás professor Jonas Feijó (PSD) 1.715 votos com 2,24% votos válidos. Kátia Trindade (PSOL) 1.410 votos, com 1,84% dos votos válidos. E Djalma Almeida (DC) 410 votos com 0,54% dos votos válidos. 
 
Prof° Erlon Chaves (PMN) obteve 819 votos, 1,07% votos válidos. 
 

© 2015-2021 Click Regional - Todos os direitos reservados. Site desenvolvido por OSN

logo site